quinta-feira, 9 de junho de 2011

Leitura Multimidial


 Tema: Alimentação

Público Alvo:

Crianças de 3 anos a 4 anos de idade da Educação Infantil.

Objetivos da prática leitora:
-         Levar as crianças desde pequenas  a estabelecer  cuidados com a saúde através do consumo de alimentos saudáveis no dia-a-dia identificando os  vários tipos de alimentos,  valorizando uma  alimentação nutritiva e de boa qualidade  através do lúdico, do faz-de-conta, da contação de histórias e da experimentação de diferentes alimentos.

Materiais e recursos utilizados:
- Contação da história “ O Sanduíche da Maricota” de Avelino Guedes com os fantoches dos personagens;
- Vídeo “ O Sanduíche da Maricota” baixado da Youtube;
- Diferentes tipos de alimentos para montar os sanduíches.
- Parlenda “ Um dois, feijão com arroz”
- Cantiga “ Meu lanchinho”
- Músicas Bananas e laranjas e Batatinha bem quentinha da Xuxa
- Leitura da obra de arte Rideau, Cruchon et Compotier, por Paul Cézanne
- Leitura da história “ A Cesta da Dona Maricota” de Tatiana Belinki.
- Frutas de diversos tipos;
- Painel dos alimentos mais consumidos pelas crianças, dividindo-os em saudáveis e não saudáveis;

-  Vídeo Os Vegetais - Madame Blueberry -



- Contar a história “O SANDUÍCHE DA MARICOTA” com os fantoches confeccionados com imagens dos personagens e palitos de picolé.
O Sanduíche da Maricota

A galinha Maricota preparou um sanduíche: pão, milho, quirera e ovo.
Mas quando ia comer, a campainha tocou.
Era o bode Serafim, que olhou o sanduíche e exclamou:
- Vixe! Falta aí um capim.
Aí chegou o Kim, o gato, cumprimentou a galinha, e vendo o sanduíche, palpitou:
- Falta a sardinha.
João, o cão, veio com o seu jeito de bom moço.
E educado, sugeriu:
- Coloquem nele um bom osso.
Sempre zumbindo e agitada, chegou a abelha Isabel.
Olhou o esquisito recheio:
-Melhora se puser mel.
Da janela, ouvindo o papo, muito metido a bacana, falou, convencido o macaco:
- Claro que falta banana!
-Banana? Sardinha? Mel?
Era o rato Aleixo.
-Milho? Osso? Capim? Argh!!!
- Vocês esqueceram o queijo!
A brincadeira acabou quando a raposa Celina olhou bem para a Maricota e falou:
- Falta galinha!
Maricota ficou brava:
- Fora daqui minha gente!
Jogou fora o sanduíche e começou novamente; Pão, milho, quirera e ovo. Como era pra ter sido.
_ Quem quiser que faça o seu com recheio preferido.

(Do livro: O Sanduíche da Maricota de Avelino Guedes/ Editora Moderna)

- Questionar os alunos para lembrar a sequencia da história, primeiramente relembrando o que tinha no sanduiche da galinha Maricota, depois perguntando quais os animais que foram aparecendo na história e o que cada um queria colocar no sanduíche.
- Montagem do painel dos alimentos que as crianças mais gostam através da leitura de rótulos de alimentos trazidos pelos alunos (pedir aos pais que enviem embalagens ou rótulos de alimentos que as crianças gostam de consumir). Colar os rótulos em papel pardo dividindo-o entre ALIMENTOS QUE FAZEM BEM À SAÚDE E ALIMENTOS QUE NÃO FAZEM TÃO BEM.  Questionar e explicar porque cada alimento faz bem ou não. O que pode acontecer se não comermos alguns tipos de alimentos.
Ensinar a parlenda:
Um, dois
feijão com arroz.
Três, quatro, 
feijão no prato
Cinco, seis 
feijão inglês.
Sete, oito, feijão 
com biscoito.
Nove, dez, 
feijão com pastéis.

- Montagem de um sanduíche com as crianças colocando produtos que elas gostam e incentivando a colocar outros que fazem bem à saúde, mas que não são tão agradáveis a saúde. Degustação do mesmo.
- Cantar com as crianças a cantiga:
Meu lanchinho
Meu lanchinho, meu lanchinho.
Vou comer, vou comer
Pra ficar fortinho, pra ficar fortinho
E crescer, e crescer.

 Mostrar o vídeo O SANDUÍCHE DA GALINHA MARICOTA para relembrar a história, questionando logo após novamente a sequencia, a ordem e os alimentos importantes para cada animal. 
video

Cantar a música:

<object width="353" height="132"><embed src="http://www.goear.com/files/external.swf?file=c56bc5b" type="application/x-shockwave-flash" wmode="transparent" quality="high" width="353" height="132"></embed></object>
A partir da história o Sanduíche da Maricota, contar a história A Cesta da Dona Maricota de Tatiana Belinski, incentivando as crianças a aceitar legumes, verduras e frutas.
- Cantar com eles a música:

- observar a obra de arte Rideau, Cruchon et Compotier, por Paul Cézanne, nomeando as frutas que compõe a obra.

- pintar com tinta guache o desenho de diferentes frutas e depois colar em folha de ofício as figuras desejadas da forma que  acharem mais interessante e da forma que quiserem. Expor os trabalhos.
- picar diversas frutas e esconder em um recipiente, pedir que as crianças fechem os olhos e colocar um pedaço de fruta na boca de cada um, perguntar que gosto tem, se é doce, salgado, ácido, se sabem que fruta experimentaram.
Após experimentada todas as frutas fazer uma salada de frutas misturando todas elas e servir para as crianças.

­

quarta-feira, 1 de junho de 2011

link para a História para que todos tenham acesso

Menina Bonita do Laço de Fita

Estou compartilhando com todos o trabalho maravilhoso que a professora Daniela Marcon da EMEI João Paulo II de Frederico Westphalen desenvolveu com sua turma do Jardim 1.

Com o objetivo de trabalhar a diversidade cultural e étnica e assumir uma postura de combate a todas as formas de discriminação e preconceito que, de certa forma , estão representadas nas crianças que compõe uma sala de aula na educação infantil , a turma do jardim I juntamente com a professora Daniela Marcon, realizou um trabalho a partir da história "Menina Bonita do Laço de Fita " de Ana Maria Machado . Os alunos estudaram as cores existentes na história ,noções de quantidade , valores e respeito as diferenças, ainda criaram a menina bonita do laço de fita da sala de aula, a mesma foi feita com TNT marron, fibra,EVA e lã preta.A menina considerada a "amiga da turma" passou uma noite na casa de cada aluno e com ela foi um diário onde os pais escreveram como foi atitude de responsabilidade e cuidado que a criança teve com a amiga.Segundo a educadora o  trabalho foi muito gratificante, pois observou-se o interesse e a aprendizagem dos   alunos.

Histórias para trabalhar em sala de aula

video